Pular para o conteúdo principal

O Real Problema dos Filmes da DC | Cinema


A DC tá atrás da Marvel nos cinemas, isso até minha mãe que assiste X-Men Origens: Wolverine na Fox achando que é super-lançamento sabe, porém o motivo disso é discutido por muitos especialistas. Mesmo assim acho que a galera não tá percebendo qual o principal problema da DC nas telas e então vou esclarecer isso aqui pra quem tiver interesse (e paciência).

Analisando a melhor sequência de filmes recentes da DC, vamos concordar que Batman é o vencedor com sua triologia criada e dirigida pelo Christopher Nolan. Até aí você pode pensar que o mérito é todo do diretor, que o cara é fantástico, fabuloso, incrível, pica das galáxias, supremo senhor do universo, no entanto eu coloco como sucesso dessa série outro ponto.

Claro que o Nolan tem muito mérito aqui, além do casting que foi muito bom (exceto pelo Christian Bale que eu nem curto tanto assim, mas vou deixar isso de fora), entretanto você pode reparar nas datas de lançamento dos filmes dirigidos pelo cineasta. Reparou? Não? Deixa eu te ajudar então aqui.



Batman Begins foi lançado em 2005. Três anos depois vem o aclamado Batman O Cavaleiro das Trevas em 2008 seguido por Batman O Cavaleiro das Trevas Ressurge que veio… QUATRO ANOS APÓS, nos recentes 2012. A trilogia Batman teve 3 filmes em 7 anos. Nesse meio tempo, a Warner lançou apenas dois outros filmes de super heróis: Superman – Retorno (2006) e Lanterna Verde (2011). Outros fora da linha tradicional de supers foram lançados como V de Vingança (2006), Watchmen (2009) e Jonah Hex (2010), mas pra fins de Universo DC nos cinemas, vamos considerar apenas a linha tradicional.

O que vemos aqui é que enquanto a Marvel hoje (em sua melhor fase) lança 2 filmes por ano, a DC na sua melhor fase lançou 5 filmes em 7 anos, sendo que apenas 3 deles são unanimemente aceitos como bons (os do Batman).



Sendo assim, o problema da DC nos cinemas é exatamente querer copiar a fórmula Marvel sem estar preparada pra ela. A ideia de fazer um universo unificado com um ou dois filmes por ano está funcionando pra Marvel porque ela teve esse tempo pra entender como fazer filmes que dão certo financeiramente (e de crítica/público também). Quando o primeiro Homem de Ferro saiu no longínquo 2008, a Marvel levou 2 anos pra lançar uma continuação. No ano seguinte ela lançou dois filmes (Capitão América e Thor), contudo em 2012 apenas o filme dos Vingadores apareceu nos cinemas. Apenas depois disso ela engatou de verdade na ideia de fazer 2 filmes por ano, ou seja, ela teve tempo suficiente do primeiro Iron Man pro segundo pra entender como deveriam ser os filmes e depois até Vingadores para ter certeza que esses filmes fazem dinheiro.



Está mais que claro que a DC ainda não tem esse planejamento, então estaria na hora de ela pisar no freio e fazer as coisas da maneira que deu certo da ultima vez: Parar e planejar bem antes dos filmes saírem, mesmo que isso resulte numa espera maior.

Talvez esteja na hora da DC parar de copiar a Marvel e tentar ser ela mesma. Vai que dá certo, né?

Postagens mais visitadas deste blog

DC Quer Acertar O Tom do Superman | Cinema

Talvez eu seja suspeito pra escrever esse texto, pois eu claramente acho que a Warner acertou o tom do nosso ex-usador de cueca por cima da calça em Homem de Aço e Batman v Superman, no entanto eu vou comentar aqui porque a DC vai ter MUITAS dificuldades em acertar a vibe dos próximos filmes do Escoteirão.



Fazem algumas décadas que a editora tenta acertar o tom do Superman nos quadrinhos. Quase sempre, sem sucesso. Revista após revista, você vê o Super sendo reformulado, mudando de poderes,  comportamento, sendo alvo de jogadas publicitárias pra vender alguma coisa (eu tô falando de você, Morte do Superman), então acertar as histórias do Azulão não é algo fácil. Imagina-se que acertar isso no cinema também seja complicado (quase tão complicado quanto comprar a quantidade de quadrinhos que saem em bancas todo mês), mas condenar os filmes anteriores como "isso não é o Superman de verdade" é bem idiota, não acha?



Fazer filmes do último filho de Kripton* é dificílimo porquê faz…

Super Herói Favorito | Lista

Qual seu super herói favorito?

O meu é o Superman.

Você deve ter torcido o nariz, feito aquela cara de nojo como aquela que as pessoas fazem quando digo que gosto de sanduíche de geleia de amora com requeijão. Talvez tenha pensado que seu super favorito seja alguém mais descolado, mais irreverente... Mais sombrio. Segundo as estatísticas cedidas a mim pelo IBGE, 89% das pessoas que foram assistir Bátema v Superomi estavam torcendo pelo homem morcego. Sendo assim, eu me sinto no dever de justificar porque eu amo o azulão.



Tá, claro que eu amo o Clark Crente pela sua bondade. Se eu pudesse escolher um super herói pra sair das páginas e se tornar realidade, eu escolheria ele. Mas além da sua bondade, o Super tem outro ponto positivo para mim: ele é quase um deus! Nem sempre foi assim, mas vira e mexe o nosso amigão do pega rapaz tá com histórias em que seu poder tá tão intenso que nada parece ser um desafio pra ele.

E é aí que eu me empolgo!


Histórias de super heróis são, salvo exceções,…

Batman vs Superman Versão Definitiva | Cinema

Começo dizendo que o texto deve ter bastante spoilers sobre esse filme que deu muito pano pra manga. Seja você uma pessoa que curtiu ou não, certamente gastou muito do seu pouco tempo de vida aqui na Terra pra debater esse longa, e como eu não poderia ser diferente, estou aqui, diminuindo o tempo que eu poderia usar pra passar com meus familiares e pessoas que amo pra defender um filme com atores com roupas coladinhas.

Eu faço parte da galera que amou o filme. Perceba que eu não escrevi "gostou", do verbo "achei legal, mas vou esquecer daqui a uns meses". Eu AMEI o filme! Do tipo que reassisti a versão definitiva 3 vezes já (e olha que eu a comprei numa quinta e escrevo esse texto na segunda).



BvS acerta em cheio um dos maiores questionamentos do Super: o mundo precisa realmente dele? É fácil responder isso quando super vilões brotam de uma panela de pipoca radioativa, mas e quando o motivo da maior tragédia é você mesmo? E se outros vilões surgirem por sua causa?…