Pular para o conteúdo principal

Desespero dos Anti-Reboot/Remake | Cinema


Ai meu Deus! Hollywood está estragando com meus filmes! Acabou a originalidade no cinema! Os caras só querem saber de fazer reboot e remake! Eu não quero que façam uma refilmagem do meu filme favorito, pois isso vai arruinar a obra original!

Sempre que um reboot/remake é anunciado tem essa galerinha aí de cima que vem com o papo de que isso não pode acontecer, porque vão cagar em tudo que já foi feito e a melhor opção é deixar o clássico lá quietinho no esquecimento do grande público, quando na verdade uma obra nova pode muito bem dar uma sobrevida na original, como foi em Robocop que após o lançamento do remake muita gente correu pra assistir o 1987 (eu inclusive) para comparar as duas ou pra relembrar a antiga. Antes do remake, Robocop praticamente tinha caído no esquecimento, no entanto depois da refilmagem ele voltou a ser exibido na TV, as pessoas voltaram a falar do material da década de 80/90, estampas de camisas surgiram...



Pois bem. Essa semana anunciaram o "reboot" de Matrix. As aspas são porque pouco depois dessa notícia sair em todos os veículos de comunicação possíveis, incluindo a boca da seu vizinho fofoqueiro, um dos envolvidos (o roteirista Zak Penn) veio a público dizer que não é bem um reboot nem remake. "Vai ser algo novo" ele disse, certamente se desviando dos tiros de ódio dos mimimizentos como o Máskara fazia em seu filme de 94. Certamente isso indica que farão algo como os Animatrix, surgindo com alguma história que vai expandir o universo criado pelas irmãs Wachowski.

Apesar desse disclaimer, muitos ainda se mantém firmes na posição de que Matrix deveria ser deixada quieta no canto dela. Esse pessoal tem dificuldade em entender que Hollywood é não é formada apenas por artistas. Os estúdios, embora façam filmes, são na verdade empresas cujos empresários investem muito dinheiro não na esperança que uma puta obra de qualidade cuja narrativa cinematográfica vai revolucionar toda industria surja. Eles esperam receber retorno financeiro. Cabem aos artistas envolvidos tirar o melhor dessa oportunidade e criar uma obra interessante para o público.



Muitos críticos, jornalistas, artistas e até fãs falam mal dessa coisa toda de fazer reboots/remakes dizendo que acabou a originalidade no cinema. Isso é pura bobeira, pois parece que pra essas pessoas cinema é apenas filme blockbuster. Entendam que em filmes de grande orçamento, o risco é enorme e os estúdios têm como preocupação fundamental fazer dindim. Não adianta nada você só fazer algo artisticamente incrível se ele não der grana. Você precisa achar uma fórmula onde consiga fazer bons e lucrativos filmes. Aí que as refilmagens se mostram uma boa ideia, uma vez que nelas você tem uma marca conhecida que já chama atenção das pessoas naturalmente com a possibilidade de criar uma história nova, sendo assim os riscos são minimizados.

Mesmo essa galera do mimimi reclamando que o cinema só tá preocupado em fazer reboots/remakes, filmes excelentes e originais continuam surgindo. Tivemos nos anos recentes: Ex Machina, Spotlight, Birdman, Pacific Rim, Interestelar, Poder Sem Limites, A Origem, Gravidade e muitos outros (isso tirando claro os filmes que são adaptações de outras mídias, como: A Grande Aposta, A Teoria de Tudo, A Culpa é das Estrelas, O Lobo de Wall Street, Perdido em Marte, O Regresso...). Inclusive recentemente tivemos um dos meus filmes favoritos de todos os tempos: "Ela" do Spike Jonze. Filmaço do caramba!



Pra você que tá reclamando dessas refilmagens eu digo apenas: Caia na real. A criatividade nos cinemas não morreu. Hollywood não tá em decadência. Você que não entende como a indústria funciona e está focado demais nas grandes produções de Hollywood. Abaixo dos filmes de 100 milhões de dólares você vai achar muita coisa incrível, nova e que vai te provar que a originalidade não acabou no cinema americano.

O seu filme favorito vai continuar existindo mesmo que 20 novos surjam nos próximos 3 meses (Homem-Aranha que o diga). Nada vai afetar o longa, então cresça de uma vez, cara!

Postagens mais visitadas deste blog

DC Quer Acertar O Tom do Superman | Cinema

Talvez eu seja suspeito pra escrever esse texto, pois eu claramente acho que a Warner acertou o tom do nosso ex-usador de cueca por cima da calça em Homem de Aço e Batman v Superman, no entanto eu vou comentar aqui porque a DC vai ter MUITAS dificuldades em acertar a vibe dos próximos filmes do Escoteirão.



Fazem algumas décadas que a editora tenta acertar o tom do Superman nos quadrinhos. Quase sempre, sem sucesso. Revista após revista, você vê o Super sendo reformulado, mudando de poderes,  comportamento, sendo alvo de jogadas publicitárias pra vender alguma coisa (eu tô falando de você, Morte do Superman), então acertar as histórias do Azulão não é algo fácil. Imagina-se que acertar isso no cinema também seja complicado (quase tão complicado quanto comprar a quantidade de quadrinhos que saem em bancas todo mês), mas condenar os filmes anteriores como "isso não é o Superman de verdade" é bem idiota, não acha?



Fazer filmes do último filho de Kripton* é dificílimo porquê faz…

Super Herói Favorito | Lista

Qual seu super herói favorito?

O meu é o Superman.

Você deve ter torcido o nariz, feito aquela cara de nojo como aquela que as pessoas fazem quando digo que gosto de sanduíche de geleia de amora com requeijão. Talvez tenha pensado que seu super favorito seja alguém mais descolado, mais irreverente... Mais sombrio. Segundo as estatísticas cedidas a mim pelo IBGE, 89% das pessoas que foram assistir Bátema v Superomi estavam torcendo pelo homem morcego. Sendo assim, eu me sinto no dever de justificar porque eu amo o azulão.



Tá, claro que eu amo o Clark Crente pela sua bondade. Se eu pudesse escolher um super herói pra sair das páginas e se tornar realidade, eu escolheria ele. Mas além da sua bondade, o Super tem outro ponto positivo para mim: ele é quase um deus! Nem sempre foi assim, mas vira e mexe o nosso amigão do pega rapaz tá com histórias em que seu poder tá tão intenso que nada parece ser um desafio pra ele.

E é aí que eu me empolgo!


Histórias de super heróis são, salvo exceções,…

Batman vs Superman Versão Definitiva | Cinema

Começo dizendo que o texto deve ter bastante spoilers sobre esse filme que deu muito pano pra manga. Seja você uma pessoa que curtiu ou não, certamente gastou muito do seu pouco tempo de vida aqui na Terra pra debater esse longa, e como eu não poderia ser diferente, estou aqui, diminuindo o tempo que eu poderia usar pra passar com meus familiares e pessoas que amo pra defender um filme com atores com roupas coladinhas.

Eu faço parte da galera que amou o filme. Perceba que eu não escrevi "gostou", do verbo "achei legal, mas vou esquecer daqui a uns meses". Eu AMEI o filme! Do tipo que reassisti a versão definitiva 3 vezes já (e olha que eu a comprei numa quinta e escrevo esse texto na segunda).



BvS acerta em cheio um dos maiores questionamentos do Super: o mundo precisa realmente dele? É fácil responder isso quando super vilões brotam de uma panela de pipoca radioativa, mas e quando o motivo da maior tragédia é você mesmo? E se outros vilões surgirem por sua causa?…