Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2017

Coringa e A Piada Mortal | Breves Reviews

Estou estreando uma série de Breves Reviews de gibis... Porque fazer reviews enormes e chatos ninguém mais quer, né? Começando hoje, vou comentar sobre dois gibis do Coringa, um pelo Brian Azzarello e outro pelo Alan Moore.



Coringa de Azzarello e Bermejo é um quadrinho bem subestimado. Talvez porque venha com a chamada pouco atraente "do premiado autor de Superman: Pelo Amanhã", mesmo Azzarello tendo feito muita coisa indiscutivelmente melhor que a citada HQ do Homem de Aço e, principalmente, porque quando Coringa foi lançado, Brian e Lee já haviam trabalhado juntos em algo inegavelmente melhor: Lex Luthor - Homem de Aço. Enfim, A história ironicamente não é focada no Coringa propriamente dito, mas sim em Jonny Frost, um capanga que resolve se envolver na gangue do palhaço.

Em uma visão tão única quanto em Lex Luthor - Homem de Aço, Azzarello nos coloca na visão de alguém bem diferente do normal pra nos mostrar uma figura bem conhecida e é através de Jonny que vemos o quanto …

Top 3 Gibis De 2016 - Alternativos

Eu fiz uma lista dos três melhores quadrinhos que li em 2016 só que era focada apenas em super heróis. Agora eu vim aqui comentar sobre mais três, sendo que dessa vez eles são mais alternativos, de autores independentes ou com temas atípicos.



Mônica – Vitor Cafaggi e Lu Cafaggi 
A dupla produziu duas MSP da Turma da Mônica, sendo uma chamada “Laços” e outra “Lições”. O resultado alcançado aqui em ambas histórias é simplesmente surpreendente. Histórias nostálgicas ao mesmo tempo infantis e maduras. A arte é absurdamente linda e comunicativa e a narrativa é tão gostosa que a leitura chega a ser rápida. Enquanto Laços explora a infância de maneira gentil e terna, Lições nos coloca em uma situação melancólica cujo final é corajoso. Absolutamente magnífico.



Pílulas Azuis – Frederik Peeters
Comovente ao extremo. Frederik nos conta sua história de como conheceu o amor da sua vida e como isso foi difícil após descobrir que ela (e o pequeno filho) têm o vírus HIV. Um tipo de leitura que emociona…

Top 3 Gibis de 2016 - Super Heróis

O ano de 2016 passou e nada mais manjado que fazer uma retrospectiva das melhores coisas que li, não é? Então se prepare para um rápido post mostrando meu Top 3 de melhores gibis de super heróis que li nesse ano que passou e se ligue, pois em breve eu farei o mesmo, porém para quadrinhos alternativos.



Mulher Maravilha dos Novos 52 – Brian Azzarello e Cliff Chiang
Brilhante! Fantástico…. Maravilha! O que Brian fez com a mitologia da nossa heróina foi incrível. A maneira de contar a história também foi simplesmente dinâmica, evitando o clichê dos cinemas de contar certinho do começo. Azarrello já nos coloca na ação e aos poucos, conforme a trama vai desenrolando, ele nos apresenta a nova história da amazona mais importante da DC Comics. Se existe alguma coisa que você não pode deixar passar dos Novos 52, certamente é esse gibi.



Superior – Mark Millar e Leinil Yu
Esse ano que passou houve a publicação, também do Millar, de Legado de Júpiter que foi fantástico, contudo eu coloco Superior em…