Pular para o conteúdo principal

Capitão América - Guerra Civil | Cinema


O que você achou do Capitão América - Guerra Civil

Parece que você realmente precisa escolher um lado nos cinemas. Quem amou Guerra Civil, odiou Batman v Superman e vise-versa. Raramente parece surgir um meio termo aqui (talvez o meio termo seja os filmes da Fox com X-Men, Deadpool e Quarteto Fantástico). Esse texto vai conter spoilers, mas pra um filme que já saiu faz tempo e você já pode comprar online, spoilers nem são grande coisa, então não vamos chilicar por nada.

Eu faço parte da galera que ficou decepcionada com o filme e já vou dizer que não quero me apoiar naquelas brincadeiras internéticas sobre a comparação de quantos heróis existem nos quadrinhos e a meia dúzia de gato pingado que tem no filme. Minha decepção ficou novamente pela falta de gravidade do longa, principalmente por se prestar ao trabalho de colocar em cheque a necessidade dos heróis e as consequências dos seus atos, no entanto isso se tornou apenas um grande pretexto pra botar a galerinha colorida pra sair no tapa e trocar gozações.


Difícil manter-se imparcial na escolha de um lado quando logo de cara o filme te lembra que o Soldado Invernal sofreu uma lavagem cerebral, fazendo-o se ausentar de qualquer culpa do que virá a seguir. Isso ainda poderia ser um dilema moral interessante, pois pense com o titio aqui: deveria o Soldado ser punido pelo comportamento e pelo que fez? Se ele estava sob "controle mental", quanto de responsabilidade é realmente dele? No entanto você simplesmente deveria deixar ele impune com isso? E se acontecer novamente?


Esse dilema é simplesmente jogado de lado. No lugar nós temos Stark perseguindo Rogers por causa do registro e Pantera Negra perseguindo o Barnes por busca de vingança e... Ah! E que droga foi essa busca de vingança?! A cena mais importante pro drama do T'Challa em que ele está perseguindo Bucky e Steve pelo aeroporto até o hangar e quando está prestes a alcançar os dois a Viuva Negra chega pra impedir dando choquinhos como quando você tá fazendo uma reportagem sobre uva e vai encostar num cacho e toma uma baita porrada elétrica. Um momento em que o personagem está ali, diante do homem que matou seu pai, vendo-o fugir enquanto uma mulher o impede. Um momento dramático demais que literalmente não existiu. Não dava pra ver o sofrimento do T'Challa ao ver sua vingança escapar pelas suas garras. Eu fiquei muito decepcionado com isso.


Por fim, a gravidade que o filme fingiu ter pelos trailers não existiu de forma alguma. A melhor batalha (que é a do aeroporto) é repleta de piadas e brincadeiras te lembrando sempre que embora a porradaria tá tudo "sussa" e nada importante ou relevante vai surgir daquilo. Odeio comparar com quadrinhos, mas olhando a versão original impressa você sabe que TODA batalha travada nas páginas da minissérie são importantes. Elas são cruciais e extremamente perigosas. Personagens mudam de lado, coisas gravíssimas acontecem, erros irreparáveis são cometidos. Esse é o tipo de coisa que eu quero quando vejo heróis se enfrentando, no entanto tudo que eu recebi assistindo Guerra Civil foi uma historinha fraca de alguns personagens brigando.

Postagens mais visitadas deste blog

DC Quer Acertar O Tom do Superman | Cinema

Talvez eu seja suspeito pra escrever esse texto, pois eu claramente acho que a Warner acertou o tom do nosso ex-usador de cueca por cima da calça em Homem de Aço e Batman v Superman, no entanto eu vou comentar aqui porque a DC vai ter MUITAS dificuldades em acertar a vibe dos próximos filmes do Escoteirão.



Fazem algumas décadas que a editora tenta acertar o tom do Superman nos quadrinhos. Quase sempre, sem sucesso. Revista após revista, você vê o Super sendo reformulado, mudando de poderes,  comportamento, sendo alvo de jogadas publicitárias pra vender alguma coisa (eu tô falando de você, Morte do Superman), então acertar as histórias do Azulão não é algo fácil. Imagina-se que acertar isso no cinema também seja complicado (quase tão complicado quanto comprar a quantidade de quadrinhos que saem em bancas todo mês), mas condenar os filmes anteriores como "isso não é o Superman de verdade" é bem idiota, não acha?



Fazer filmes do último filho de Kripton* é dificílimo porquê faz…

Super Herói Favorito | Lista

Qual seu super herói favorito?

O meu é o Superman.

Você deve ter torcido o nariz, feito aquela cara de nojo como aquela que as pessoas fazem quando digo que gosto de sanduíche de geleia de amora com requeijão. Talvez tenha pensado que seu super favorito seja alguém mais descolado, mais irreverente... Mais sombrio. Segundo as estatísticas cedidas a mim pelo IBGE, 89% das pessoas que foram assistir Bátema v Superomi estavam torcendo pelo homem morcego. Sendo assim, eu me sinto no dever de justificar porque eu amo o azulão.



Tá, claro que eu amo o Clark Crente pela sua bondade. Se eu pudesse escolher um super herói pra sair das páginas e se tornar realidade, eu escolheria ele. Mas além da sua bondade, o Super tem outro ponto positivo para mim: ele é quase um deus! Nem sempre foi assim, mas vira e mexe o nosso amigão do pega rapaz tá com histórias em que seu poder tá tão intenso que nada parece ser um desafio pra ele.

E é aí que eu me empolgo!


Histórias de super heróis são, salvo exceções,…

Batman vs Superman Versão Definitiva | Cinema

Começo dizendo que o texto deve ter bastante spoilers sobre esse filme que deu muito pano pra manga. Seja você uma pessoa que curtiu ou não, certamente gastou muito do seu pouco tempo de vida aqui na Terra pra debater esse longa, e como eu não poderia ser diferente, estou aqui, diminuindo o tempo que eu poderia usar pra passar com meus familiares e pessoas que amo pra defender um filme com atores com roupas coladinhas.

Eu faço parte da galera que amou o filme. Perceba que eu não escrevi "gostou", do verbo "achei legal, mas vou esquecer daqui a uns meses". Eu AMEI o filme! Do tipo que reassisti a versão definitiva 3 vezes já (e olha que eu a comprei numa quinta e escrevo esse texto na segunda).



BvS acerta em cheio um dos maiores questionamentos do Super: o mundo precisa realmente dele? É fácil responder isso quando super vilões brotam de uma panela de pipoca radioativa, mas e quando o motivo da maior tragédia é você mesmo? E se outros vilões surgirem por sua causa?…